Aeronaves

by 23:33:00 0 comentários


Concordamos com o moicano
Da Cássia

Pensamos a ampulheta da nossa vida
Da maneira como um gato espreita um pássaro
Ou o homem toca um avião

Não sabemos se a areia passou da metade
“A metade importa” – Mia a Mima

Viramos alguns cartazes
Abrimos cinco ou seis malas
Acreditamos que pessoas morreram em 74
Algumas incólumes
Protegidas como pétalas
Do amor capaz de transpassá-las

Os jornais apodrecem
O silêncio
Todos os dias

Solitária
Você embrulhou um pedaço de bolo em um guardanapo branco
Sentou sobre o capô de algum desejo inexplorado
E viu um par de asas metálicas esconderem o sol
Bem como teu sorriso arqueado faz com a tristeza

Solúvel atmosfera
Toca o próprio seio
Venta toda deliquescência
Desembarca um carinho ensimesmado

Suspira

O pouso em si exigirá pistas maiores
Que esses parvos homens repavimentados
Jamais poderão suportar

~

Eu olho para uma estrela
Nossas digitais esmagam um cílio
Faz um desejo
Eu te espero
Vem

19.09.2016
Tiago André Vargas


Imagem de Hengki Koentjoro

Tiago André Vargas

Developer

Pesadelo de camaleão é que tem só uma cor.

0 comentários:

Postar um comentário