Cause you're my fella, my guy...

by 18:42:00 0 comentários



- Tu é o meu cara, tu não pode fazer isso!
- Eu não estou fazendo nada. Você me fez fazer isso.
- Eu fiz você fazer o que? Comporte-se, aja como um homem pelo menos! Vai ter a indecência de dizer que eu sou a detentora dos teus atos?
- Agir como um homem? Agir como um homem? Você é pirada mesmo.
- Eu sempre fui pirada, qual é o ponto disso?
- O ponto é que eu não aguento mais essa conversa, isso não tem mais cabimento, é adeus. Eu só quero vestir minhas roupas e ir embora. É adeus. Ponto final. Game over.
- Você é um nerd filho de uma puta para terminar comigo e ainda dizer game over. Você quer o quê? Um bordão, Schwarzenegger?
- Devolve a minha calça, chega disso.
- Sabe o que eu vou fazer com a tua calça? Eu vou vestir ela. Se quiser ela de volta vem buscar, mas já te aviso, se chegar perto de mim eu vou te socar pra valer.
- Vai mesmo?
- Bem nesse teu nariz. Vai ficar mais errado do que já é.
- Chega disso. Só prova a criança mimada que você é... Bem então, vou te tratar como uma!
- Mais um passo eu te bato!
- Piranha maldita!
- Eu te avisei que iria te bater seu idiota!
- Eu pensei que você estava brincando! Você nunca foi tão maluca ao ponto de me bater!
- Ta doendo?
- Muito.
- Bebê chorão.
- Sua...
- Você me bateu?
- O que você acha?
- Nunca se bate em uma mulher!
- Não até levar um soco na cara e eu só te dei um tapa... Para de frescura...
- É... Eu até gostei...
- Você é doente mesmo.
- Me bate de novo?

...

- Com prazer.
- Tu é o meu cara mesmo.

Autoria de Tiago André Vargas


http://browse.deviantart.com/photography/?qh=&section=&q=punch+girl#/d1qr5r3


Tiago André Vargas

Developer

Pesadelo de camaleão é que tem só uma cor.

0 comentários:

Postar um comentário