Boçal

by 22:12:00 1 comentários



Bocal
Pega-se um boçal pelo bocal
E pela vontade do bocejo
Vontades rasas como esterco
Boceta e sal
Se boçal, boceta sem sal
Pois boçal que é boçal não aprecia o tempero da vida
Coça a virilha
Curva desejos
O carro perfilha
Mata a família
Rei da latrina
Tirano alienista
Quem bota o salário na mesa cospe no olho
É colírio de nojo
Para cegar a todos
Que acreditam em um mundo sem cê-cedilha
Mundo bocal
Com dentes pra matar a fome
E beijos para salvar a vida

Tiago André Vargas
28.07.2013


Imagem de Anna Love.

Tiago André Vargas

Developer

Pesadelo de camaleão é que tem só uma cor.

Um comentário: