Os desgraçados beijam batom

by 21:29:00 0 comentários

E a vida escorre
Como criança em escorregador
Coloca os pés na areia
Pensa
Acabou

Mas as meninas rezam
Ou passam batom
Nunca rezam passando batom
Porque a vida escorre
Motivos sem ou com

Para as que unem as mãos nada escrevo
Pois elas não poderão ler-me
Já as que estalam os lábios vermelhos
Apenas outro desgraçado desaconselho

O príncipe nunca virou chato
Em tempo algum deixou de sê-lo
Você?
Ah, você
Apenas precisava de um vestido de anseio
Precisava se tornar uma menina má
Aprender a morder o lábio
Treinar bocas no espelho
Bocas em apáticos beijos
Bocas no asfalto
Treinar
Subir no salto
E a boca nada mais fala
Apenas gesticula
E o príncipe agora chora
O príncipe que compra e vende
Mercadante de almas e dentes
Vingando-se por fim malevolente
É que o príncipe apesar do céu, não tem paz
Visto que jamais foderá
Da maneira que somente um homem fodido é capaz

Cíclicas meninas más
Quantas cores escorrem para se pintar meia parede
De um quarto
Vazio

Autoria de Tiago André Vargas
Fotografia de Autumn.

Tiago André Vargas

Developer

Pesadelo de camaleão é que tem só uma cor.

0 comentários:

Postar um comentário